É um conceito muito acolhedor, eficiente e de igual para igual, diz diretora da GCF sobre a OCA

Por: Márcia Moreira
08.05.2017 17:25

A secretária de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho, apresentou o espaço da OCA para Collen (Foto: Diego Gurgel/Secom)

A diretora da Força-Tarefa de Governadores sobre Clima e Florestas (GCF), Colleen Scanlan Lyons, visitou na manhã desta segunda-feira, 8, a Biblioteca Pública do Acre e a Central de Serviços Públicos (OCA), em Rio Branco. Na ocasião, foi apresentado o funcionamento de cada órgão.

Na OCA, foi apontada para a visitante a dinâmica do local, que atende cerca de 15 mil pessoas em um só dia. “Aqui estão presentes 27 instituições que oferecem mais de mil serviços ao público em apenas um lugar, desde emissão de documentos como CPF, identidade e habilitação, a serviços de aberturas de empresas e pagamento de contas, entre muitos outros”, detalha a secretária de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho.

Colleen ainda conheceu a administração, os espaços de descanso dos funcionários, a copa e a horta cultivada nos fundos do espaço. “Eu achei tudo superavançado, nunca vi um modelo desses, pois tira tudo o que é mau do Brasil, que é a burocracia, a fila, a bagunça, e reverte completamente para um novo paradigma. Eu acho que é um centro que deve ser copiado por outras cidades, pois é um conceito muito acolhedor, eficiente e de igual para igual”, relata a diretora da GCF.

A diretora da biblioteca, Helena Carloni, e as secretárias de Turismo e Lazer e Comunicação, Rachel Moreira e Andréa Zílio, acompanharam a visita de Colleen (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Com mais de 80 mil livros em seu acervo, entre romances, títulos científicos, religiosos, técnicos e acadêmicos nas mais variadas áreas, a biblioteca recebe cerca de 7,5 mil pessoas mensalmente. O espaço conta, ainda, com áreas infantil, de histórias em quadrinhos (HQ) e filmoteca, além de internet livre para pesquisa.

“Eu gostei que eles têm serviços para crianças, para mãe e para o pai, ou seja, para todos os públicos. Também achei interessante os espaços diferenciados, voltados para leitura e pesquisa online. É visível que o objetivo é servir as necessidades de todos”, destacou Colleen, que também é professora de Antropologia na Universidade do Colorado (EUA).

Comente :D